Resolva Já O Seu Problema! Ligar!
Jactos de alta pressão para tubagens antigas (1/3)
Setembro 28, 2016
tubagens antigas
Jactos de alta pressão para tubagens antigas (3/3)
Outubro 12, 2016

Jactos de alta pressão para tubagens antigas (2/3)

jactos de alta pressao

Nessa série de postagens estamos a falar sobre as tubagens antigas de chumbo e ferro – ainda muito encontradas em Portugal. Na semana passada falamos dos problemas que as tubagens antigas podem sofrer, como entupimentos e oxidações e algumas maneiras  de evitar que isso ocorra.

Mas, se você já está a sofrer com o entupimento das tubagens antigas, saiba que o método mais indicado é o uso de jactos de alta pressão. Não sabe o que são? Continue a ler o texto de hoje.

 

Qual o melhor método para desentupir as tubagens antigas?

Como dissemos, nem todos os métodos devem ser utilizados para desobstruir tubagens mais antigas. A técnica tradicional com sondas desentupidoras de aço, por exemplo, deve ser evitada, uma vez que pode apenas resolver o problema de forma passiva, ou seja, perfurando um buraco na obstrução presente, mas sem resolver a questão de forma completa.

Em caso de uso de dispositivos mecânicos também há a possibilidade de danificar as tubagens, que, quando mais antigas, estão, em geral, mais vulneráveis devido à ação do tempo e da oxidação dos seus materiais.

Por isso, se você possui um lar ou um imóvel com tubagens antigas e está a enfrentar um entupimento, o melhor a fazer é contatar uma equipa especializada. Já que o método mais indicado para esse caso é o uso dos jactos de alta pressão, uma técnica capaz de limpar as obstruções mais profundas e complexas sem danificar as suas tubagens.

 

O que são os jactos de alta pressão?

Essa é a técnica mais usada atualmente pela maioria das empresas de canalizadores, porque consegue ter os resultados esperados, com um custo pequeno. Outra vantagem é que ele consegue realizar os desentupimentos de maneira rápida e precisa, pois atua diretamente no local, sem haver a necessidade de quebras das paredes, pisos e azulejos.

Além disso, ao se utilizar dos jactos de alta pressão, o canalizador não precisará recorrer a produtos químicos corrosivos ou abrasivos, que podem danificar ainda mais as tubagens de ferro e cobre que, com o passar dos anos, já se apresentam fragilizadas.

Para usar a técnica é preciso que a empresa disponha de um camião equipado com tanque para o armazenamento de água e de detritos (o que proporciona mais autonomia a empresa e dá a possibilidade das equipas se deslocarem rapidamente até o local mais apropriado para realizar o procedimento), uma bomba para o lançamento de água e a sucção dos detritos e reguladores de pressão da água – que são usados de acordo com a necessidade.

Assim, os canalizadores utilizam mangueiras extensas ligadas a esse camião e, através das propriedades solventes da água e a força física da pressão é possível realizar todos os tipos de desentupimentos, incluindo aqueles mais difíceis e que necessitam de uma limpeza profunda (como remoção de tintas e resíduos químicos).

Para promover uma desobstrução eficaz, o ideal é que a força da água seja superior a 1000psi, ou 70 BAR, na ponta de saída. Em cada tipo de serviço é usada uma vazão específica de água, esse valor é regulado por uma válvula automática instalada na bomba. É essa válvula que garante que as tubagens não estourem, já que a força da água é proporcional ao tamanho das canalizações que serão desentupidas.

 

 

Por agora, ficamos por aqui, esperamos que tenha gostado. Continuamos no próximo artigo!

SOS Multiassistência
R. da Condessa 36, 1200-122 Lisboa
212 495 014
[email protected]

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *